mai 12, 2021

Marketing de clínicas: é melhor terceirizar ou ter uma equipe interna?

Guía cree un plan de marketing para su consultorio en 7 pasos

É comum que gestores de instituições de saúde se deparem, em algum momento, com a seguinte dúvida: é melhor contar com uma equipe de marketing para fazer o trabalho in house, ou terceirizar o serviço com uma agência?

Cada uma das opções tem seus prós e contras. É isso que vamos discutir neste artigo, além de dar sugestões sobre os pontos a serem analisados ao escolher uma agência e dicas de como conduzir o marketing por conta própria. Acompanhe!

Quais são os prós e contras de terceirizar o marketing da clínica?

Existem muitas ações de marketing e comunicação para centros médicos que podem ser feitas tanto internamente como por meio de uma agência externa. 

Além de administrar um site, o serviço também pode incluir ações de marketing de conteúdo, gerenciamento de redes sociais, campanhas por SMS ou email, anúncios em mídias tradicionais como rádio, outdoor e televisão, pesquisas de mercado e monitoramento de tendências e atividades de concorrência. 

Quais são os prós e os contras da terceirização do marketing? Veja abaixo!

Vantagens da terceirização

  • Graças à terceirização, não é necessário contratar mais pessoas na sua clínica. É suficiente que o gestor da área cuide do trabalho desenvolvido pela agência, garantindo que tenha a qualidade esperada. No tempo economizado pela terceirização de algumas tarefas, a equipe pode se concentrar em ações mais estratégicas, por exemplo.
  • As agências costumam contar com uma equipe de especialistas, além dos recursos técnicos necessários para fazer um bom trabalho de marketing. Para esse tipo de empresa, fazer um vídeo promocional ou criar um anúncio nas redes sociais, por exemplo, é algo cotidiano, que a equipe consegue fazer com eficiência e excelência.
  • Pessoas de fora da empresa muitas vezes podem trazer uma nova perspectiva e ideias inovadoras para uma estratégia de marketing. As agências geralmente têm um conhecimento aprofundado sobre o mercado e as tendências da área de marketing.

Desvantagens da terceirização

  • Usar os serviços de uma agência acarreta em custos, que podem ser altos. Quanto mais especializado for o seu trabalho, maior será o investimento.
  • É preciso confiança e compreensão mútua para entregar a "pessoas de fora" as atividades de comunicação ou marketing que definem a imagem da sua instituição de saúde. A agência não tem o conhecimento detalhado sobre o funcionamento da clínica ou consultório, nem o acesso a seus bancos de dados e a seus funcionários. Portanto, é preciso de tempo e esforço para alcançar uma parceria harmoniosa e totalmente eficaz.
  • O desenvolvimento de um projeto tende a ser mais lento com a agência. Uma alteração, por exemplo, não será feita diretamente por um colaborador da instituição de saúde. A comunicação se dá geralmente em vários estágios, por exemplo de um funcionário da clínica para um gerente de conta da agência, que por sua vez será responsável por solicitar as alterações aos responsáveis.
  • O uso dos serviços da agência, embora libere os funcionários da clínica de grande parte das atividades de marketing, ainda requer conhecimento especializado para definir conjuntamente metas mensuráveis ​​e ser capaz de controlar os resultados alcançados pela agência (por exemplo, ROI).

O que você deve considerar ao escolher uma agência?

Se uma clínica pesa os prós e os contras e decide terceirizar os serviços de marketing, há vários fatores a serem considerados antes de assinar com uma agência. Eles podem ter um impacto significativo no curso da parceria e na satisfação com os serviços contratados. Portanto, vale sempre a pena verificar:

  • Experiência com empresas do setor de saúde: é bom para a agência não só estar ciente das restrições legais no campo do marketing médico, mas também demonstrar conhecimento do mercado, tendências e atividades da concorrência.
  • Portfólio: projetos anteriores da agência, seu estilo e inovação, resultados alcançados em campanhas passadas, casos de sucesso.
  • Comunicação: atendimento lento, caótico ou hostil durante os primeiros contatos com a agência não são sinais de uma boa cooperação no futuro. Antes de tomar uma decisão, também vale a pena conhecer a opinião dos clientes atuais da agência.

Como conduzir o marketing por conta própria?

marketing-tablet-centro-medico

Uma alternativa à terceirização é o marketing interno, conduzido pelos funcionários da clínica. Há uma série de atividades que não necessariamente requerem os recursos técnicos da agência e que podem ser coordenadas com sucesso até mesmo por um pequeno departamento de marketing, desde que a equipe seja especializada. Isso inclui:

    • Atualizar o site da clínica
    • Manter a frequência de conteúdos em um blog, trazendo pautas interessantes para o público (nesse sentido, vale envolver também o corpo clínico, já que os profissionais de saúde dominam os assuntos mais técnico e sabem das necessidades do paciente)
    • Garantir a atualização das redes sociais, publicando campanhas pagas e outros conteúdos nos perfis do Facebook, Instagram e outras plataformas que fizerem sentido para o público-alvo
    • Cuidar do perfil da clínica em portais que conectam médicos e pacientes, como o marketplace da Doctoralia
    • Colocar no ar campanhas do Google AdWords
    • Fazer campanhas de SMS ou e-mail para os pacientes, notificando-os sobre agendamentos

[📚 eBook] Marketing Médico Digital Pós-Pandemia

Saiba como adaptar suas ações para o momento atual, fortalecendo a visibilidade, reputação e autoridade da sua clínica!

Acessar agora

Uma parte importante de todas as atividades de marketing descritas acima é a análise final. Sem avaliar os resultados, é impossível dizer quais delas trouxeram lucro para a clínica e se vale a pena repeti-las.

No caso de terceirização, a agência fará uma análise das ações implementadas. Se o marketing é interno, a clínica deve monitorar de forma independente os resultados da campanha.

O software médico Doctoralia Clínicas vem a calhar aqui. Na plataforma, você pode não só enviar campanhas aos pacientes, mas também acompanhar seus resultados (por exemplo, a porcentagem de mensagens abertas).

Já se a clínica investe em mídia paga nas sociais ou em campanhas offline nas quais incentiva a marcação de uma consulta pelo telefone, pode medir resultados usando o Doctoralia Phone

Mais que um sistema de telefonia VoIP, o Doctoralia Phone mede a eficácia das campanhas publicitárias, gerando um número de telefone para cada canal (por exemplo, Instagram, outdoor ou propaganda em rádio) e identificando qual ação mais converteu em chamadas.

Assim, o departamento de marketing saberá quais campanhas geram mais tráfego telefônico para a clínica e quais não trazem os lucros esperados.

 👉 Leia também: Como promover sua clínica localmente: 5 dicas práticas